- PUBLICIDADE -[adrotate banner="1"]
sexta-feira, 17 setembro, 2021 - 10:35 AM

200 bombeiros combatem o Aedes neste sábado em São Sebastião

Esperam percorrer até 2 mil imóveis para eliminar focos do mosquito, dar orientações educativas e coletar amostras

A manhã deste sábado (6) começou agitada em São Sebastião, com a ação de 200 homens e mulheres do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) do Distrito Federal percorrendo ruas e casas da cidade, desde as 7h, numa força-tarefa contra o Aedes aegypti. A expectativa é de visitar de 1.500 a 2.000 imóveis até o final deste dia, realizando um trabalho educativo, fazendo visitas domiciliares, coletando amostras e promovendo o tratamento dos focos do mosquito.

De acordo com o diretor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde do DF, Petrônio da Silva Lopes, esta é a segunda vez que a visita domiciliar acontece no sábado em São Sebastião. A mesma ação de combate ao mosquito Aedes, em final de semana, já aconteceu nas regiões administrativas do Paranoá, Itapuã, Planaltina e Arapoanga, além de São Sebastião.

Na noite desta sexta-feira (5), os bombeiros passaram por uma reciclagem de três horas, na Academia do CBM, no Setor Policial Sul, em preparação para as atividades deste sábado. Eles já haviam feito um treinamento anterior para executar tarefas como a de hoje.

ORIENTAÇÃO – “Estamos orientando a população para inspecionar suas casas pelo menos menos uma vez por semana, evitar acúmulo de água em pneus, latas garrafas e em todo e qualquer outro recipiente”, esclareceu o diretor de Vigilância Ambiental. A equipe está visitando casas do Setor Central, do bairro próximo ao Morro da Cruz, Setor Tradicional, entre outros.

Petrônio Lopes explicou por que a ação está sendo feita no sábado: “Nos dias úteis, muitos imóveis ficam fechados. Hoje, a gente encontra muitas casas abertas e fica mais fácil orientar”.

Em fevereiro, a Secretaria de Saúde registrou 433,42 casos de dengue por grupo de mil habitantes em São Sebastião. Em março, esse número caiu para 92,3 depois de semanas intensas de ações de combate ao mosquito causador da doença.

Apesar da queda no número de casos de dengue, a Região de Saúde Leste, onde São Sebastião está inserida, continua registrando percentuais elevados, com 1.528 casos prováveis; seguida da Região Norte, com 986 ocorrências; e Sudoeste, com  767 registros.

Saiba mais:

http://www.saude.df.gov.br/incidencia-de-casos-de-dengue-reduz-em-sao-sebastiao/

http://www.saude.df.gov.br/saude-reforca-combate-ao-aedes-em-sao-sebastiao/

http://www.saude.df.gov.br/regiao-de-saude-centro-sul-intensifica-combate-ao-aedes/

Luciene de Assis, da Agência Saúde

 

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -[adrotate banner="3"]

Últimas Notícias

GDF reduz ICMS para combustíveis; medida começa a valer a partir do ano que vem

Com a lei, aprovada ontem na CLDF, o consumidor vai pagar cerca de 10% a menos na gasolina, e...
- PUBLICIDADE -[adrotate banner="4"]

Continue Lendo