Administração Regional do Itapoã junto ao Governo do Distrito Federal em ação contra a dengue na cidade.

0
367

Administração Regional do Itapoã junto ao Governo do Distrito Federal em ação contra a DENGUE na cidade

Bombeiros e Dival – Diretoria de Vigilância ambiental em saúde.  Juntos no combate ao mosquito Aedes aegypti.

O Governo do Distrito Federal vem reforçando ainda mais as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. 600 agentes temporário foram contratados pelo período de 6 meses, este Número sendo dividido em 300 para cargos de agentes de vigilância ambiental e outros 300 para agentes comunitários de saúde. Os profissionais contratados reforçam os atendimentos necessários à comunidade do Distrito Federal no combate ao mosquito transmissor da dengue.

Com visitas nas residências eles identificam focos, esclarecem a população sobre os locais de risco os ensinando a eliminar os focos do inseto com a administração de produtos biológicos.

A secretaria de saúde vem distribuindo os trabalhos destes novos agentes com base nos dados epidemiológicos de todas as cidades.

A cidade Itapoã localizada na basia Leste recebeu uma grande ação neste mês passado contando com cerca de 100 bombeiros e 100 agentes da Dival- Diretoria de Vigilância ambiental em saúde.

Entre outros motivos e dentro deste mesmo assunto, podemos apresentar um fator importante e positivo na cidade Itapoã.

Os trabalhos realizados em seu âmbito.

Sobre informações a administração vem desempenhando a retirada de inservíveis e resíduos sólidos em diversos setores da cidade,  pois este acúmulo de objetos podem ser  a frente criadouros do mosquito. Os resíduos sólidos são retirados pois também oferecem malefícios a saúde e ao meio ambiente sobre isto a Adminsitracao regionaldo do Itapoã busca com estas ações evitar impactos socioambientais e à saúde pública. A limpeza de todas as paradas da Cidade também foi realizada iniciando do KM 11 setor Rural BERACA, DF- 250 e DF – 001 desobistruindo a saidas de água e fazendo a limpeza geral junto a uma avaliação das mesmas sobre suas estruturas. Nos diz em nota o Adminsitrador Regional em exercício Valdemar Medeiros.

Os números deste atendimento surpreendem pela agilidade e comprometimento que as equipes estão tendo nesta luta contra este mal silencioso nas cidades.

• DIVAL- Diretotia de Vigilancia ambiental em saúde : 48 AVAS

– 909 imoveis inspecionados;

– 397 imoveis fechados;

– 01 recusado;

– 244 imoveis tratados;

– 1.424 depositos

 inspecionados;

– 405 depositos tratados;

– 500 de larvicida.

 • Bombeiros:

– 249 imoveis inspecionados;

– 178 imoveis fechados;

– 16 recusado;

– 1.271 depositos inspecionados;

Número de atendimentos passado pelos órgãos envolvidos.