- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
segunda-feira, 26 fevereiro, 2024 - 01:48 AM
- PUBLICIDADE -

CLDF aprova lei inovadora para turismo religioso e esportivo no Distrito Federal

Deputado Pepa lidera iniciativa que promete impulsionar economia e atrair visitantes para rotas religiosas e eventos esportivos na capital brasileira

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou, durante a última sessão deliberativa nesta quarta-feira (13), o Projeto de Lei 296/2023, de autoria do deputado Pepa (PP), que altera a lei 4883/2012 para incluir as modalidades de turismo religioso e esportivo na política distrital de turismo.

O turismo religioso, agora reconhecido oficialmente, é caracterizado como o deslocamento voluntário de pessoas motivado por razões religiosas, visando conhecer espaços físicos, monumentos e rituais que representem a história e a cultura difundidas pelas diferentes religiões. O Distrito Federal, segundo o Boletim de Inteligência de Mercado no Turismo, apresenta duas rotas principais: a católica e a ecumênica, abrangendo locais como a Catedral Metropolitana, o Santuário Dom Bosco e a Mesquita do Centro Islâmico.

O deputado Pepa destaca a riqueza de atrativos para o turismo religioso no DF e acredita que a inclusão dessa modalidade pode impulsionar a economia local, gerando renda, empregabilidade e movimentação em diversos setores. Apesar de possuir locais e monumentos religiosos, o DF ainda não é nacionalmente reconhecido como uma das principais rotas de turismo religioso, algo que pode mudar com investimentos e políticas públicas direcionadas.

Além disso, o PL 296/2023 incluiu o turismo esportivo, definido como viagens com o propósito de praticar ou assistir a eventos esportivos, competitivos ou não. Dados do Ministério do Turismo revelam que mais de 363 mil turistas que viajaram a lazer pelo Brasil tiveram como motivação o esporte. Um exemplo do potencial é o Circuito BSB de Turismo Esportivo de 2022, que contou com 4 mil participantes de diversos estados, evidenciando a relevância e o alcance dessa modalidade.

Agora, a matéria segue para a sanção do governador, e a expectativa é que a nova legislação possa impulsionar o turismo no Distrito Federal, proporcionando benefícios econômicos e culturais para a região.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Que fazer parte do nosso grupo no Wpp?