COLUNA DO ULHOA | Em tempos de inflação e desemprego, GDF acerta em lançar programa que financia gás de cozinha a famílias de baixa renda

0
569
Denominado de Cartão Gás, a ferramenta funcionará como um vale-gás para as famílias em situação de vulnerabilidade social

A gestão de Ibaneis Rocha (MDB) encaminhou esta semana à Câmara Legislativa do DF (CLDF) o projeto de lei que cria o programa Cartão Gás

Por Cláudio Ulhoa

Com duração de 18 meses, o benefício possibilita que as famílias em situação de vulnerabilidade recebam um auxílio financeiro de R$ 100 do governo para comprar botijão de gás, um socorro importante neste momento de pandemia.

O programa é destinado a famílias com renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 550) e inscritas no Cadastro Único para programas sociais do governo. Os participantes devem residir no DF e não se encontrar em situação de rua ou acolhimento institucional coletivo. O responsável familiar deve ter mais de 16 anos.

Professores concursados

As aulas presenciais no DF estão programadas para começar amanhã. Com isso, o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Educação, vai contratar mais 346 professores para a rede pública de ensino. A pasta prepara a nomeação desses profissionais que ocuparão a vacância de vagas abertas com exonerações, falecimentos e aposentadorias.

Obras e empregos

O governador Ibaneis aceitou o desafio e, após intensas negociações, destravou R$ 1,1 bilhão, entre recursos locais e federais, para executar obras que estavam paradas há pelo menos quatro anos. Além de atender as necessidades da população, essas construções vão gerar mais de 9 mil oportunidades de emprego.

GDF destravou na Justiça R$ 1,1 bilhão que agora estão sendo empregados em obras de infraestrutura, como Túnel de Taguatinga, o Complexo Viário Governador Roriz e o Hospital Oncológico Doutor Jofran Frejat

Entre as obras a serem beneficiadas com o recurso estão o Túnel de Taguatinga, o Complexo Viário Governador Roriz e o Hospital Oncológico Doutor Jofran Frejat. Segundo o governo, essas obras ficaram engavetados por anos, reféns de decisões judiciais.

60% dos adultos vacinados

Depois da realização do “mutirão da vacina” para vacinar contra a covid-19 pessoas com 37 anos ou mais, o governo local manteve a prática e já colhe bons resultados. Conforme informa a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), a capital federal já tem 58,58% da população adulta vacinada com a primeira dose ou com a dose única. Considerando quem completou o esquema vacinal, 24,36% da população está imunizada contra a covid-19 com a segunda dose ou com a dose única.

Flávia Arruda

Conforme divulgado pela imprensa local, a ministra-chefe da Secretaria de Governo, deputada Flávia Arruda (PL-DF)deve pode ser a candidata da chapa de Ibaneis Rocha, no próximo pleito, para uma vaga no Senado. Em evento recente em Santa Maria, Ibaneis disse que atualmente não conta com o apoio de nenhum dos atuais três senadores do DF, Izalci (PSDB), Leila (PSB) e Reguffe (Podemos). “O Distrito Federal ainda vai ter um senador que preste. No caso, teremos uma senadora”, afirmou o governador.

Rafael Prudente

Nos bastidores, estuda-se a possibilidade do atual presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), ser vice numa chapa liderada por Ibaneis Rocha. Alguns indícios já demonstram essa possibilidade, como a constante presença de Prudente em quase todas os lançamentos e ações do governo nos últimos dias, sem contar sua atuação enquanto governador em exercício, que lhe rendeu elogios pela conduta do Executivo. Prudente ocupou o cargo de governador em razão das férias de Ibaneis e do vice-governador, Paco Britto.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da – ABBP