- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
terça-feira, 16 agosto, 2022 - 11:00 AM
- PUBLICIDADE -

Dia Nacional da Saúde: inspirado na data, DNA do Brasil Talentos trabalha o Bem Viver em seus temas transversais

Programa incentiva hábitos saudáveis nas escolas, como a prática regular de atividade física e a reeducação alimentar

O Dia Nacional da Saúde é comemorado no dia 5 de agosto e foi instituído pelo decreto de Lei nº 5.352/1967. A data visa a conscientização sobre temas associados ao bem estar físico e mental, que geram impacto na qualidade de vida do indivíduo, como uma boa alimentação, rotina saudável, ingestão de água, prática de atividade física, lazer e descanso. Inspirado na data, o programa DNA do Brasil Talentos, idealizado pelo Instituto para o Desenvolvimento da Criança e do Adolescente pela Cultura, Esporte e Educação (Idecace), trabalha, em um dos seus assuntos transversais, o tema Bem Viver.

O DNA é um programa que tem o propósito de detectar e desenvolver talentos esportivos de crianças e adolescentes dentro de escolas. Semelhante ao Dia Nacional da Saúde, o incentivo a hábitos saudáveis também é dado pelo projeto, por meio do incentivo da prática de atividade física e do levantamento de dados sobre a qualidade alimentar dos estudantes para a realização de atividades sobre reeducação alimentar. O programa trabalha quatro dimensões centrais do desenvolvimento humano: físico-motor, saúde, qualidade de vida e vocacional.

Os protocolos de saúde/físico-motor aplicados pelo projeto geram laudos e relatórios que indicam fragilidades e potencialidades para as variáveis estudadas. A partir disso, são disponibilizados planos de aula aos professores das escolas beneficiadas para o desenvolvimento das habilidades dos estudantes de acordo com suas aptidões, e também para aqueles que apresentam quadro de sobrepeso ou diabetes, por exemplo. O objetivo do plano de aula para os alunos que apresentam comorbidade é proporcionar a oportunidade de praticar exercícios físicos regularmente e com segurança; auxiliar no controle glicêmico; combater o sedentarismo infantil; promover o conhecimento e debate sobre essas doenças; e desenvolver equilíbrio, agilidade e coordenação motora.

A prática regular de atividade física é uma das grandes questões que influenciam na saúde plena do indivíduo, ela pode ajudar na longevidade e gerar impacto em questões como produtividade, qualidade do sono, disposição e outras questões relacionadas à saúde, não só física, mas também emocional e psicológica, como o combate à depressão, ansiedade e o alívio do estresse. O educador físico e coordenador de metodologia do DNA do Brasil Talentos, Gabriel Magalini, afirma que inserir o hábito da atividade física na rotina desde a infância pode gerar reflexos no bem estar a longo prazo. “Hábitos de atividade física, incorporados na infância e adolescência, podem ser transferidos futuramente para a vida adulta. A aptidão física para essa faixa etária deve ser desenvolvida como primeiro objetivo de incentivo à adoção de um estilo de vida apropriado para a promoção da saúde e prevenção de doenças, com a prática de exercícios por toda a vida”, explica.

Magalini ressalta que a atividade física apresenta diversos efeitos benéficos ao organismo, sendo recomendada como uma estratégia de promoção da saúde para a população em geral e enfatiza a importância de iniciar esse hábito desde a infância. “A consciência postural deve ser iniciada na infância, quando a criança está em fase de desenvolvimento físico e seu corpo está sujeito a transformações, porque na fase adulta pode haver maior dificuldade em alcançar os objetivos em melhoria da saúde ou a busca por alto rendimento. Crianças e adolescentes que se mantêm fisicamente ativos, apresentam menos chance de se tornarem adultos sedentários, obtendo então melhor qualidade de vida, evitando um crescente quadro de sobrepeso, obesidade, hipertensão arterial e entre outros, já presentes em adolescentes”, esclarece.

Prezando pela qualidade de vida dos estudantes, o programa DNA do Brasil Talentos conta com uma equipe multidisciplinar itinerante para atuar em todas as dimensões do projeto, composta por educador físico, nutricionista, psicólogo, assistente social e dentista, que são os responsáveis pela aplicação da metodologia DNA e por realizarem o levantamento de dados sobre violência contra crianças e adolescentes, saúde bucal, educação alimentar e indicadores educacionais. O programa é realizado em parceria com governos, redes públicas de ensino e escolas públicas brasileiras.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo