General Santos Cruz diz que Exército não apoiará golpe de Estado

0
10

Por Cláudio Ulhoa

O general do Exército e ex-ministro do governo de Jair Bolsonaro, general Santos Cruz, esteve neste domingo (12) no programa Conectado ao Poder da rádio Metrópoles, e iniciou de sua fala, com base em seus mais de 40 anos de carreira militar, descartou a possibilidade do Exército brasileiro participar de um golpe de Estado. “Eu não vejo nenhuma possibilidade do Exército apoiar qualquer tipo de aventura fora da norma institucional”, afirmou.

Santos Cruz saiu do governo logo no início da gestão. De lá para cá é um crítico da forma como o presidente Bolsonaro tem conduzido seu governo, ainda mais em período de pandemia. “Eu vejo que todas essas crises, desde o início do governo, talvez, 5% delas, tenham sido crises desnecessárias, que não colaboram em nada”, diz o ex-ministro. Segundo o general, essas crises, que seriam produzidas pelo próprio governo, atrapalham o desenvolvimento do país, que precisa de estabilidade para gerar segurança jurídica, social e econômica aos investidores, sejam nacionais ou estrangeiros.

Por ser militar, Santos Cruz foi indagado sobre o que ele acha do posicionamento do governo federal de buscar aprovar leis e baixar decretos que permitem a população a se armar. Para o general, trata-se de um “erro grave de conceito”, pois segurança pública seria de responsabilidade exclusiva do Estado.

“O governo precisa é ter um plano nacional de segurança pública, executar um plano nacional de segurança pública, desenvolver a segurança pública, e não estimular o cidadão a se armar achando que isso está trazendo mais segurança pública”, defende.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui