- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
domingo, 18 abril, 2021 - 21:31 PM
- PUBLICIDADE -

Detran-DF lança campanha para coibir embriaguez ao volante

A peça publicitária tem o lema “Beber e dirigir merece uma resposta seca: não”; neste Carnaval, foram registrados 485 casos de motoristas que dirigiam sob efeito de álcool

Por Cláudio Ulhoa

Junto com o trabalho dos agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) existem também as campanhas educativas que o órgão realiza a fim de conscientizar a população sobre o cuidados e precauções com o intuito de reduzir acidentes e mortes no trânsito.

Neste início de ano, o Detran-DF lançou sua primeira campanha. Ela consiste em demonstrar à população as principais ações realizadas pelo órgão no decorrer de 2020, dando ênfase àquelas ações que mais tiveram repercussões.

“O Detran-DF produz periodicamente campanhas educativas, na mídia, para conscientizar a população e reduzir o número de mortes no trânsito”, comunica o órgão.

Além desse balanço das ações de 2020, o órgão realizou, ao longo de toda quinzena de fevereiro, campanhas publicitárias para informar a população e, principalmente, os motoristas, que foram alvos de campanhas relacionadas à Lei Seca.

“Com uma abordagem atemporal, a campanha teve veiculação em períodos de feriados e grandes ocasiões, em que as pessoas tendem naturalmente a aumentar o consumo de bebidas alcoólicas, podendo resultar em aumento na ocorrência de acidentes fatais”, diz o Detran-DF.

Mesmo com o feriado de Carnaval suspenso, o órgão realizou prisão de motoristas que dirigiam sob efeito de álcool

A campanha, cujo lema é “Beber e dirigir merece uma resposta seca: não”, está sendo veiculada nas rádios, TVs e mídias digitais. A peça publicitária é assinada pela agência de propaganda CC&P, que iniciou o atendimento ao Detran-DF, em janeiro deste ano.

Este ano, durante o Carnaval, os agentes do Detran-DF em parceria com a Polícia Militar do DF (PMDF) registraram 485 casos de embriaguez ao volante. Desse total, cinco pessoas acabaram presas. Em 2020, Em 2020, 2.107 motoristas tiveram suspensas as carteiras de habilitação no DF, segundo o órgão. Desse total, 1.536 condutores (72,8%) sofreram a punição por dirigirem sob efeito de álcool ou substâncias psicoativas.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Sírio-Libanês e DF Star passam a atender o plano GDF Saúde

Beneficiários têm à disposição rede credenciada com sete hospitais gerais, 12 hospitais especializados, quatro laboratórios e quase duas mil...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: