- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
quinta-feira, 17 junho, 2021 - 23:14 PM
- PUBLICIDADE -

Comissão da CLDF se reúne com Secretaria de Saúde para discutir as estratégias de vacinação contra covid-19

Os distritais realizaram visita técnica no parque de apoio da campanha de vacinação; estoques de vacinas e insumos foram conferidos

Por Ricardo Ulivestro

Os deputados distritais membros da Comissão de Fiscalização da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) estiveram no parque de apoio da Secretaria de Saúde (SES-DF) onde realizaram vistoria técnica e conversaram com funcionários sobre o processo de vacinação contra a covid-19 nas regiões administrativas. Os distritais queriam obter informações sobre as estratégias traçadas pela SES-DF para vacinar o primeiro grupo de pessoas. A ideia é obter informações para saber se a vacinação está sendo feita com isonomia.

“Os estoques estão todos de acordo. Os insumos são conferidos diariamente pela Subsecretaria de Logística, com relação ao quantitativo e de acordo com necessidade do DF. Por isso, as distribuições são racionais ao ponto de evitar desperdícios, isso tem sido feito com muito primor. Parabéns à Secretaria adjunta de Gestão e à Sulog por estarem colaborando muito com a assistência”, explicou aos membros da Comissão, o secretário-adjunto de Assistência à Saúde da SES-DF, Petrus Sanchez.

Durante a visita, os distritais percorrem as instalações da Rede de Frio Central, onde está centralizado o estoque central de vacinas,também conheceram o almoxarifado e a farmácia central.

Sobre a prioridade em vacinar, inicialmente, os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia, e não os profissionais de saúde de forma geral, Sanchez informou aos distritais que o governo está seguindo as determinações estabelecidas no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde, que determina os profissionais da linha de frente como prioritários. A SES-DF também informou que a vacinação de idosos e outros grupos prioritários ainda não começou em razão da insuficiência do número de doses repassadas pelo Ministério da Saúde.

Até terça-feira (26) a SES-DF tinha vacinado 33.317 pessoas. O DF recebeu mais de 146 mil vacinas: 125.160 da CoronaVac, e 41,5 mil doses da vacina Oxford/AztraZeneca. Ambas devem ser aplicadas em duas doses.

Além dos profissionais de saúde da linha de frente, neste primeiro momento também estão sendo vacinados idosos e pessoas deficientes que vivem em asilos e seus cuidadores, e indígenas.

*Fonte News Black

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: