- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
domingo, 13 junho, 2021 - 13:36 PM
- PUBLICIDADE -

Hospital acoplado de Samambaia será inaugurado nesta sexta (28), diz secretário da Casa Civil do DF

A unidade terá 98 leitos de UTI e 4 de isolamento e será gerida pela Secretaria de Saúde; 22% dos professores aptos a se vacinarem ainda não buscaram pela imunização

Por Cláudio Ulhoa

O secretário da Casa Civil do Governo do Distrito Federal, Gustavo Rocha, disse, em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (27/5), que a unidade hospitalar acoplada ao Hospital Regional de Samambaia será inaugurada manhã (28/6) pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). A unidade, que tem 102 leitos para atendimento de pacientes com covid-19, sendo 4 para casos de isolamento, ficará a uso da população mesmo depois da pandemia. Sua gestão, conforme o secretário, ficará a cargo da Secretaria de Saúde local.

“É fato muito importante porque esse hospital ele é um hospital permanente que ficará de legado para a população do DF. Ele continuará funcionado e será gerido pela própria Secretaria de Saúde”, afirmou Gustavo Rocha.

O secretário também comentou sobre o índice de transmissão do novo coronavírus, que nesta quinta-feira estava em 0.98 – o governo trabalha com a meta de manter esse indicativo abaixo de 1.

Outra informação é com relação ao número de casos ativos – que podem contaminar outras pessoas – que se encontra, segundo Rocha, em 7.495 casos, sendo que, em momento mais críticos, esse número chegou a 16 mil. De ontem para hoje também teve queda na constatação de novos casos, que caíram de 839 para 789.

Ao falar sobre a vacinação, Rocha destacou que única forma da população voltar a ter uma vida normal será por meio da imunização. Para isso, ele citou o exemplo dos profissionais de saúde que, antes da vacinação, eram acometidos pela doença constantemente, em um mês, por exemplo, 735 profissionais da foram contaminados. Depois que a categoria começou a ser imunizada, esse número caiu para 379.

“É uma redução muito significativa e, juntando com os dados que já passei, das faixas etárias que também tiveram redução, mostra que a campanha de vacinação está surtindo efeito”, lembra Rocha.

Índice de transmissão do novo coronavírus no DF está em 0.98, a meta do governo é que esse indicador fique abaixo de 1

Isso também refletiu na ocupação de leitos para paciente com covid-19. “Em todas as faixas etárias houve uma queda de ocupação de leitos de UTI”, ressaltou o secretário.

Sobre a vacinação dos professores da rede pública e infantil, tanto das escolas públicas e privadas, o secretário destacou que, dos 2.800 professores aptos a tomar a vacina, 2.200 já se imunizaram, ou seja, ainda faltam 22% desse público para se vacinar. “É importante que essas pessoas busquem a imunização, não só por conta da importância da imunização pessoal, mas também para possibilitar o retorno às aulas das crianças”, destacou Rocha.

Por fim, o secretário destacou que a partir desta semana começara também a vacinação dos profissionais de aeroportos, para quem o Ministério da Saúde destinou 2.083 doses.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Alimentação saudável para mais de meio milhão de pessoas

Entre 2019 e 2020, foram distribuídas 127 mil cestas de frutas, verduras e legumes. Neste ano, a previsão é...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: