- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
terça-feira, 24 maio, 2022 - 14:49 PM
- PUBLICIDADE -

Presidente do PSD-DF, Paulo Octávio diz que só irá decidir sobre candidatura ao Senado em agosto

Em entrevista à imprensa local, o ex-vice-governador do DF disse que sua decisão sobre o assunto só sairá em agosto, quando poderá fazer o registro de candidatura

Por Cláudio Ulhoa

O empresário e ex-vice-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, que atualmente é presidente do PSD local, concedeu entrevista à imprensa e disse que sua possível candidatura ao Senado só será decidida nas vésperas do final do prazo para o registro de candidaturas, que será dia 5 de agosto.

Segundo Octávio, seu empenho no momento é de estruturar o partido para construir uma legenda com o máximo de candidatos possível. De acordo com ele, em razão do alto número de regras que a campanha eleitoral tem, a eleição será um “desafio”.

“Vamos ter 25 candidatos a deputado distrital e nove candidatos a federal, respeitando o 30% das mulheres, que está em lei. Conseguimos bons nomes”, disse Octávio ao comentar sobre como será a atuação do PSD na capital federal nessas eleições.

O empresário também falou sobre a situação econômica do país e disse que os candidatos precisarão ter a sensibilidade de olhar não só para o contexto político, mas também para o cenário econômico, que se encontra com alto índice de desemprego e de inflação.

“O cidadão quer ver como está a economia, se está crescendo ou não. As pessoas estão assustadas com a inflação. Cria-se muita incerteza. Acho que o eleitor vai ter muitas dúvidas e quem apresentar candidatos (estaduais e federal) com melhores propostas, conseguirá arrebatar o coração do povo. No caso de Brasília, o nosso partido tem um entendimento com o governador Ibaneis, e tenho dito sempre que precisamos apresentar essas propostas de governo para 2022”, explica Paulo Octávio.

Sobre seu apoio ao governador Ibaneis Rocha (MDB), Octávio diz que continua com a mesma posição de caminhar ao lado do governador nas eleições, mas que só irá oficializá-lo em momento oportuno. Ainda respeito das eleições deste ano, o empresário lembra que o eleitor de Brasília muda de posição política muito rápido o que faz que com o cenário nas eleições seja incerto.

“O eleitor daqui muda muito. Candidaturas pequenas de repente disparam. A política é dinâmica, e nada melhor do que mostrar um serviço prestado. Candidatos menores a postos majoritários terão muita dificuldade. O eleitor de Brasília é exigente, e por isso não acredito em candidaturas novas”, lembra Paulo Octávio.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Fla recebe Sporting Cristal em último jogo da 1ª fase da Libertadores

O Maracanã recebe Flamengo x Sporting Cristal (Peru), nesta terça-feira (24), às 21h30 (horário de Brasília). jogo vale pela sexta rodada do Grupo...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo