- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
segunda-feira, 26 fevereiro, 2024 - 02:35 AM
- PUBLICIDADE -

Tarifa Congelada | Ibaneis Rocha garante estabilidade em 2024 após privatização da rodoviária do Plano Piloto

Decisão estratégica do governador visa aliviar o bolso dos brasilienses e aprimorar o Transporte Público na Capital

Em uma entrevista ao Portal Metrópoles, publicada nesta terça-feira (19), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha(MDB), assegura que a tarifa de ônibus não sofrerá reajustes em 2024. Essa decisão estratégica é atribuída à recente aprovação do projeto de privatização da Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília, durante um acalorado debate na última quarta-feira (13) na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

O governador esclareceu que a gestão pública não era mais viável para a Rodoviária e que a privatização representa um avanço significativo para a capital. Destacando a resolução de um problema de décadas, Ibaneis enfatizou que a decisão corajosa da CLDF é uma resposta efetiva a questões que permaneciam sem solução.

O processo de concessão para a iniciativa privada passou por uma análise criteriosa do Tribunal de Contas do Distrito Federal, garantindo transparência e lisura. Segundo o governador, essa medida não só beneficia os usuários do transporte público, mas também toda a população, contribuindo para a melhoria do sistema e a eficiência na prestação de serviços.

“A medida trará benefícios tanto para os usuários do transporte público quanto para a população em geral”, ressaltou Ibaneis Rocha. A decisão de congelar a tarifa em 2024 é uma alívio financeiro oportuno para os trabalhadores e as famílias do Distrito Federal, especialmente em meio às dificuldades econômicas decorrentes da pandemia de Covid-19.

O governo enfatiza que a não realização do reajuste tarifário não apenas protege o bolso dos cidadãos, mas também reforça o compromisso em buscar soluções inovadoras para questões persistentes, promovendo o bem-estar e a qualidade de vida dos brasilienses.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Que fazer parte do nosso grupo no Wpp?