- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
terça-feira, 16 agosto, 2022 - 10:08 AM
- PUBLICIDADE -

União Brasil desiste da candidatura de Reguffe ao GDF

Partido, que tinha decidido ontem lançar o senador ao cargo, voltou atrás e já anunciou apoio, junto do Republicanos, à reeleição de Ibaneis; partido disse que Reguffe não mostrou interesse em concorrer às eleições: ‘a união não é feita apenas de um lado’

Por Cláudio Ulhoa

O senador José Antônio Reguffe não será o candidato do União Brasil a disputa pelo cargo de governador do Distrito Federal. A informação foi dada pelo presidente regional do partido, Manoel Arruda, na manhã desta sexta-feira (5). Segundo ele, o motivo que levou o partido a tomar tal decisão veio após a falta de interesse do próprio Reguffe pela vaga.

“Tínhamos um compromisso, reunidos com todos os candidatos federais que se comprometeram com o partido. A gente entende que ele desista e por isso retira o apoio a esse pleito”, disse Manoel em postagem feita nesta manhã em suas redes sociais.

O União Brasil também publicou uma nota em que fala sobre os motivos que levaram a legenda a desistir de lançar a candidatura do senador. “Confiamos a Reguffe a posição de candidato ao Governo do DF pelo União Brasil e demos a ele a opção de indicar e auxiliar o partido na escolha de alguns membros da chapa e alianças. Porém, nenhuma campanha ou partido são feitos de uma única pessoa ou liderança. Um partido não tem dono; ele é resultado da união de pessoas que acreditam no mesmo ideal. A união não é feita apenas de um lado.”

A notícia não era esperada, ainda mais depois que o próprio senador cobrou dos dirigentes do partido lealdade à sua candidatura. Reguffe, que, em 2010, foi o deputado federal mais votado proporcionalmente do país, chegou até mesmo em falar em desistir da vida pública, caso o União Brasil não apoiasse seu nome em prol da candidatura do governador Ibaneis Rocha (MDB).

O que de fato aconteceu. Nesta manhã, depois do anúncio de que o União Brasil não irá mais lançar a candidatura de Reguffe ao GDF, o presidente do partido, Manoel Arruda, em entrevista coletiva, junto do presidente do Republicanos do DF, Wanderley Tavares, disse que os dois partidos estão juntos em apoio à candidatura de Ibaneis.

Damares Alves

A aliança entre o União Brasil e o Republicanos não só vai apoiar a reeleição de Ibaneis, como também irá lançar a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

O anúncio também foi feito hoje pelos presidentes regionais dos dois partidos, que disseram que trata-se de uma chapa separada, que irá estar com Ibaneis na campanha, porém com candidatura própria ao Senado.

A candidatura de Damares vai chocar com a candidatura da deputada federal, Flávia Arruda (PL-DF), que sairá candidata ao Senado pela chapa de Ibaneis Rocha. Assim como Flávia, Damares também tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo