- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
segunda-feira, 4 março, 2024 - 21:58 PM
- PUBLICIDADE -

Cultura Data Driven ganha novas projeções para o futuro

Segundo uma pesquisa realizada pela McKinsey & Company, empresas que fazem uso intensivo de dados digitais têm apresentado um crescimento acima da média de mercado, além de aumentos significativos no EBITDA, que podem variar de 15% a 25%. A pesquisa destaca que as empresas podem iniciar sua jornada com vendas B2B orientadas por dados, independentemente de seu nível de maturidade digital e capacidade analítica.

No entanto, ressalta-se que o autodiagnóstico por meio dos dados é o caminho para estabelecer uma abordagem sólida nas tomadas de decisão, capaz de transformar a cultura de um negócio por completo. Mudar a cultura da organização, treinar os times para extrair informações valiosas dos dados e mudar o pensamento de todos envolvidos em um negócio é apenas o começo da inserção da cultura data driven.

Em um mundo cada vez mais orientado por dados, Filipe Carminatti Pavan, empreendedor, com mais de 25 anos de experiência, Fundador e CEO da DATAEX, destaca a importância de um negócio incorporar uma cultura data driven, apoiado por duas pesquisas significativas que ilustram os benefícios tangíveis dessa abordagem.

De acordo com o site WestMonroe, empresas de software bem-sucedidas têm a capacidade de manter uma impressionante taxa de crescimento, combinada com uma margem de lucro de 40% ou superior. Além disso, uma estratégia de dados eficaz é considerada crítica não só para o crescimento, mas também para a sobrevivência das empresas de tecnologia. Mais do que o volume de dados, o que realmente importa é o que as empresas fazem com eles.

No entanto, Pavan enfatiza que a adoção de uma cultura data driven vai além da simples coleta e análise de dados. Requer uma mudança organizacional em que todos os níveis da empresa compreendam, valorizem e usem os dados para informar suas decisões. “O maior desafio é mudar a mentalidade das pessoas e torná-las confortáveis e competentes com os dados”, diz Pavan.

É aqui que a importância da formação em literacy de dados (data literacy) entra em cena. A literacy de dados, segundo Pavan, é a capacidade de ler, entender, criar e comunicar dados como informação. O treinamento e o suporte adequados em literacy de dados para todos os funcionários são fundamentais para uma implementação bem-sucedida da cultura data driven.

“A organização que treina seus funcionários para entenderem e usarem dados será capaz de tomar decisões mais informadas e eficazes”, explica Pavan. “Isso resultará em uma vantagem competitiva, como evidenciado pelas pesquisas mencionadas”.

O especialista em TI conclui com uma mensagem: “Adotar uma cultura data driven é essencial. Mas para fazê-lo corretamente, é preciso investir não apenas em tecnologia, mas também em pessoas. Treinar e apoiar seus funcionários na jornada data driven é o verdadeiro caminho para o sucesso”.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Que fazer parte do nosso grupo no Wpp?