- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
segunda-feira, 4 março, 2024 - 01:29 AM
- PUBLICIDADE -

Quinta da Neve, vinícola de SC, recebe premiação mundial

A vinícola Quinta da Neve, de São Joaquim (SC), destacou-se no Mondial des Vins Extrêmes 2023, premiação realizada no Valle d’Aosta (Itália), que conta com degustadores de todo o mundo, como enólogos e jornalistas do setor.


Em diversos concursos e premiações internacionais de vinhos, as produções de vinícolas brasileiras aparecem na lista das melhores, como foi o caso desta premiação, realizada nos dias 28 e 29 de setembro. Ao todo, foram distribuídas 45 Grandes Medalhas de Ouro, 238 Medalhas de Ouro e outros 19 prêmios especiais distribuídos entre rótulos brancos, tintos e espumantes.

A premiação é reconhecida pelo setor de vinhos, pois avalia produções de regiões que são consideradas com risco de desaparecer. Segundo a VINOFED (Federação Internacional dos Grandes Concursos de Vinhos), organizadora do evento, este é o único evento mundial de vinhos especificamente voltado para rótulos produzidos em áreas caracterizadas pela viticultura heroica.

Na edição deste ano, foram 863 vinhos inscritos, apresentados por 319 adegas de 26 países, sendo que 84 foram selecionados por 45 degustadores internacionais. Os vinhos participantes são produzidos em diversas regiões do mundo, com variedades de uva, estilos de vinificação e envelhecimento que fogem do habitual.

Os enólogos brasileiros André Peres Júnior e Dirceu Scottá, representando a Associação Brasileira de Enologia, participaram do evento como jurados. “Degustadores de todos os cantos do mundo, da Rússia, Ucrânia, Brasil e Peru, passando pelas pequenas ilhas da Grécia e Espanha, participaram do evento”, comentou Peres.

Entre os selecionados, a Quinta da Neve representou a serra catarinense ao receber a maior pontuação do concurso, o Gran Prêmio Cervim 2023, pelo Touriga Nacional 2022. Este rótulo é um vinho vermelho-rubi intenso com reflexos violáceos, com aromas típicos de frutas de bosque como amora silvestre, mirtilo fresco, figo e frutas cristalizadas, além de um leve toque de especiarias, marcado por sua passagem em barrica de carvalho francês.

Sendo uma produção de lote único e com estoque limitado, o Touriga Nacional 2022 não foi o único destaque da Quinta da Neve. A vinícola também foi premiada com a Medalha de Ouro pelo Pinot Noir Cuvée de Safras 2021, levando o terroir catarinense para o mundo. Para chegar neste patamar, os vinhos foram selecionados por enólogos e jornalistas do setor, incluindo dois brasileiros que representavam a Associação Brasileira de Enologia (ABE).

Os jurados do evento se reuniram em comissões compostas por cinco degustadores cada, sendo que pela primeira vez foi usado um sistema informatizado para dar as notas, em nove categorias diferentes. As análises foram realizadas individualmente pelos jurados, levando em consideração a cor, limpidez, aroma e sabor dos vinhos.

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Que fazer parte do nosso grupo no Wpp?