- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
sexta-feira, 12 abril, 2024 - 13:45 PM
- PUBLICIDADE -

É lançada a primeira IA Generativa para gestão de restaurantes do Brasil

Focada em inovar e trazer tecnologia de ponta para o mercado gastronômico, a EPOC acaba de lançar a primeira Inteligência Artificial Generativa para gestão de restaurantes do Brasil. 

A empresa desenvolveu um Assistente Virtual que fica à disposição dos gestores para responder perguntas e realizar análises complexas — tudo isso por meio de um chat integrado à plataforma. 

“Além de fornecer informações confiáveis, a IA auxilia na análise dos resultados e na elaboração de estratégias. Assim o restaurante ganha competitividade, porque as decisões são mais rápidas e eficazes”, explica o CEO da EPOC, Elisson Osório.

Mais Inteligência de Negócios no mercado gastronômico

Com uma rotina atribulada, uma das principais dificuldades dos gestores de restaurantes é encontrar tempo para fazer análises e pensar estratégias de melhoria e crescimento. A ideia do Assistente Virtual da EPOC é facilitar esse processo, fornecendo dados confiáveis e respostas rápidas para que possam se destacar em um mercado altamente competitivo.  

“Enquanto a operação está rodando, a plataforma coleta dados o tempo inteiro. Nosso objetivo é que eles sejam acessíveis e o gestor possa usar essas informações para melhorar o desempenho do negócio, sem ter que parar todo o seu dia para analisar e conferir relatórios”, observa Osório.

Assim, o Assistente Virtual funciona como uma ferramenta de Inteligência de Negócios — ou Business Intelligence (BI) — acessível para restaurantes em diferentes níveis de maturidade na gestão. 

“Estamos trabalhando nesse projeto desde 2018, e nossa preocupação sempre foi garantir a qualidade e confiabilidade dos dados. Com a evolução da nossa plataforma, conseguimos entregar uma solução que, ao mesmo tempo que faz análises complexas, é muito fácil de utilizar”, complementa Osório.

Assistente Virtual responde perguntas por chat 

Por meio de um chat, o gestor pode enviar as perguntas que desejar. O Assistente Virtual utiliza como fonte o banco de dados do restaurante, alimentado pelos sistemas PDV e ERP, para fazer as análises e gerar as respostas.

“A principal vantagem é que todos os dados estão centralizados em uma única plataforma. Então não há risco de perder informações, não há incongruência nos relatórios. E o gestor tem todos os dados do restaurante sempre à disposição”, comenta Osório. 

É possível fazer perguntas simples e objetivas — como “Qual foi o faturamento do meu restaurante ontem?”, por exemplo —, ou solicitar análises mais complexas dos resultados de vendas, estoque, desempenho da equipe, entre outras. 

As análises são apresentadas no próprio chat e também é possível exportar os relatórios. “Funciona como um analista de dados que fica disponível o tempo todo para responder às dúvidas do gestor”, completa o CEO. 

Nos siga no Google Notícias
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Gestão de conflitos ensina a melhorar ambiente nas empresas

Pesquisa indica que 92% dos conflitos estão presentes no dia a dia das empresas
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Que fazer parte do nosso grupo no Wpp?